Assim sou EU....

A menina de olhos castanhos, do cabelo comprido, do sorriso sincero, da risada esquisita, dos sonhos impossíveis, da esperança interminável, de insegurança constante, dos amigos perfeitos, do coração enorme.
Aquela que se apaixona, que se esquece dos erros, que se envergonha de tudo, que se sente sozinha, e que nunca desiste. A menina que precisa ser protegida, que chora por tudo, que morre de medo, que ama a vida, que se desespera, que aproveita cada segundo, que é romântica, que fica feliz com um abraço, que sonha demais, que pensa demais, que complica demais e que deseja apenas ser feliz!

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A vida exige da gente, momentos de reflexão! Aqueles momentos,que você se vê sozinho, e pensa em como sua vida é boa, comparada a vida das outras pessoas. Você agradeçe, simplismente pelo fato de estar vivo, de poder respirar um ar limpo, de não estar em um hospital, precisando de aparelhos para sobreviver! Você agradeçe, por ser privilegiado de ter oque comer, o que vestir, um teto para morar e pessoas em sua volta, que te amam verdadeiramente! Se a gente não guarda tempo, pra pensar em tudo que temos, acabamos nunca nos contentando com nada. A vida, é mesmo um presente divino, mas também, um presente que escolhemos abrir ou não a embalagem! Eu, escolho, abri-la todos os dias, e você?(Amanda Varger)


A vida exige da gente, momentos de reflexão! Aqueles momentos,que você se vê sozinho, e pensa em como sua vida é boa, comparada a vida das outras pessoas. Você agradeçe, simplismente pelo fato de estar vivo, de poder respirar um ar limpo, de não estar em um hospital, precisando de aparelhos para sobreviver! Você agradeçe, por ser privilegiado de ter oque comer, o que vestir, um teto para morar e pessoas em sua volta, que te amam verdadeiramente! Se a gente não guarda tempo, pra pensar em tudo que temos, acabamos nunca nos contentando com nada. A vida, é mesmo um presente divino, mas também, um presente que escolhemos abrir ou não a embalagem! Eu, escolho, abri-la todos os dias, e você?

Nenhum comentário:

Postar um comentário