Assim sou EU....

A menina de olhos castanhos, do cabelo comprido, do sorriso sincero, da risada esquisita, dos sonhos impossíveis, da esperança interminável, de insegurança constante, dos amigos perfeitos, do coração enorme.
Aquela que se apaixona, que se esquece dos erros, que se envergonha de tudo, que se sente sozinha, e que nunca desiste. A menina que precisa ser protegida, que chora por tudo, que morre de medo, que ama a vida, que se desespera, que aproveita cada segundo, que é romântica, que fica feliz com um abraço, que sonha demais, que pensa demais, que complica demais e que deseja apenas ser feliz!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011


Nos atrasamos, falamos alto, bebemos demais (ou de menos).
Corremos, esquecemos de ver o por-do-sol.
Nos incomodamos com a chuva, com o desconhecido que quer puxar papo, com o farol que abriu antes de você poder atravessar.
E é tanto o que se perde com estes nossos atos inconscientes!
Perdemos a sensação libertadora de receber um banho que leve todas as tensões que acumulamos durante o dia. O por-do-sol de um dia incomum na cidade grande. Uma conversa que poderia ser enriquecedora. Um minuto a mais que poderia te fazer ver uma cena única, ou conhecer, ou encontrar uma pessoa querida.
A gente erra.
Fala demais, joga palavras ao vento que tomam proporções assustadoras.
A gente se engana, dá votos de confiança pra quem não merece e desvaloriza quem tem mais valor do que tem chance de mostrar.
Perdemos tempo demais nos prendendo a situações do passado e isso que o passado nem é tão grande assim, imagina daqui a mais 20 anos?
Ando sensível a essa loucura toda. Ando consciente das coisas incríveis que podemos ver e receber e compartilhar quando nos permitimos.
E se permitir é a melhor coisa que se pode aprender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário