Assim sou EU....

A menina de olhos castanhos, do cabelo comprido, do sorriso sincero, da risada esquisita, dos sonhos impossíveis, da esperança interminável, de insegurança constante, dos amigos perfeitos, do coração enorme.
Aquela que se apaixona, que se esquece dos erros, que se envergonha de tudo, que se sente sozinha, e que nunca desiste. A menina que precisa ser protegida, que chora por tudo, que morre de medo, que ama a vida, que se desespera, que aproveita cada segundo, que é romântica, que fica feliz com um abraço, que sonha demais, que pensa demais, que complica demais e que deseja apenas ser feliz!

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A raposa com o rabo cortado


Uma raposa caiu por acaso em uma armadilha. Conseguiu escapar, mas teve seu rabo cortado. A partir daí, passou a considerar-se monstruosa.
Mas achou uma solução, ao encontrar-se com suas amigas:
“Penso que a nova moda é cortarmos o rabo. Desperta a cobiça dos caçadores, não nos serve para nada, e é um peso inútil que carregamos”.
“Querida irmã”, respondeu uma delas. “Se tivesses rabo, estaria nos dando este conselho? Somos sábias o suficiente para saber quando alguém deseja nosso bem ou quando está querendo apenas nos igualar às suas deficiências”.

Entre o fazer e o falar


'Foram confrontar que Confúcio não rezava muito, e ele disse:

- Há muito tempo que deixei de rezar por meio das minhas

palavras para rezar com minhas atitudes'.

A pessoa certa


“A pessoa que vem é a pessoa certa”.

Sabe aquela pessoa que todos os dias você tem vontade de eliminar do seu convívio, mas a vida insiste em não deixar? E aquele marido que nem se assemelha ao que você sempre quis, mas você caiu de amores por ele? E a melhor amiga que é o avesso de você e vive aprontando coisas que você sequer entende? E aquela irmã com valores tão diferentes, mas que por ironia do destino nasceu igual a você?

A primeira lei se encaixa como uma luva pra essas e outras pessoas que fazem parte de nossas vidas. É isso mesmo, nem sempre (ou quem sabe nunca) somos nós quem determinamos quem é a pessoa certa. Se ela faz parte da sua vida, ela é a pessoa certa, nem que seja somente naquele momento.

Quantas vezes achamos que nascemos na família errada, que temos os colegas de trabalho errados, que somos muito diferentes das pessoas com quem convivemos, que não merecemos o que nossa família ou amigos nos fazem passar... Com menor ou maior freqüência, acabamos achando que algo está errado, ou, no mínimo, desencaixado.

O fato é que ninguém entra em nossa vida por acaso. Todas as pessoas com as quais interagimos trazem com elas algo que nos ajudará a aprender e avançar em cada situação. Mesmo que não sejamos capazes de ver isso na hora. Se pararmos para pensar, estamos na Terra para evoluir, o que não acontece se tudo for um mar de rosas. Se só convivemos com pessoas agradáveis, pacientes e cheias de qualidades que admiramos, tudo fica fácil demais. É ao lado de pessoas que nos expõe a situações com as quais não lidamos muito bem que vamos aprendendo a administrar nosso ego, a ser mais humildes, a ter mais paciência, respeito e compaixão.

Cada um aprende de uma forma diferente, e para isso são reservadas pessoas e situações que proporcionarão esse aprendizado necessário. Por outro lado, sempre aparecem também os bons exemplos que podem nos inspirar a agir de uma maneira melhor.

Enfim, a caminhada só tem encontros certos. Cabe a cada aprendiz tirar o melhor que puder de todas as pessoas que aparecem pelo caminho.

Vivendo e Aprendendo

Se um cachorro fosse professor, você aprenderia coisas assim:

Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
Nunca perca uma oportunidade de ir passear.
Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
Corra, pule e brinque todos os dias.
Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos e deite debaixo da sombra de uma árvore.
Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado...volte e faça as pazes novamente.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Se alimente com gosto e entusiasmo.
Coma só o suficiente.
Seja leal.

E nunca pretenda ser o que você não é.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Consertando o mundo


Uma vez escutei uma historinha em uma palestra e fiquei encantada com a simplicidade e verdade contidas nela. Quando contou a história, a senhora disse que iria somente relembrar, porque todos a conheciam. Bem, eu não conhecia, e percebi, ao escutá-la uma segunda vez na semana passada, que muitas outras pessoas também não. Então resolvi compartilhar aqui.

Ela começa com um pai que chega em casa após um dia de trabalho, mas ainda cheio de tarefas para concluir. Quando entra na sala já encontra o filho pequeno esperando por ele para brincar um pouquinho. Diante daquela situação, o pai, que sente a necessidade de atenção do filho, resolve não desapontá-lo, e cria uma forma de mantê-lo entretido enquanto termina seus afazeres. Ele pega um jornal, cuja capa tem uma imagem do mundo, e recorta, de modo que ele se torna um quebra-cabeça. Depois entrega à criança e pede que ela monte (ou conserte) o mundo, esperando que o filho demore um pouco para concluir a tarefa.

Pouco tempo depois o garoto chega com o mundo ‘consertado’. O pai, surpreso, pergunta a ele como conseguiu fazer isso tão rápido. E o menino responde que atrás da figura do mundo tinha a figura do homem. Então ele resolveu ‘consertar’ primeiro o homem. Com o homem ‘consertado’, estava ‘consertado’ também o mundo.

A arte de ouvir


É incrível como nos comunicamos mesmo quando não temos, conscientemente, a intenção de fazê-lo. E também como recebemos estas comunicações e as internalizamos, mesmo quando elas não são explícitas. Fiquei pensando nisso ao ler um trecho do livro ‘O Monge e o Executivo’. No início, achei que não tinha motivo para fazer esta leitura, já que não tenho a pretensão de liderar ninguém, mas agora, passando do meio do livro, vejo que ele tem colocações muito interessantes, e que servem para qualquer pessoa.
Hoje a minha reflexão foi, mais uma vez, sobre saber ouvir. Existem muitas pessoas que não deixam a outra completar sequer uma frase. Eu já fui assim. Digo fui porque estou em processo de mudança, e não porque já seja uma excelente ouvinte. Estou me conhecendo e aprendendo a dominar esses instintos que transmitem imagens tão negativas. Todos gostam de ser ouvidos. É para isso que falamos, seja para uma ou para mil pessoas. Quando uma pessoa não quer ser ouvida, ela pensa e não verbaliza. Como devemos dar ao mundo o mesmo que desejamos receber, estou me movimentando para aprender a ouvir.
E vejo que isso é mais importante do que eu de fato imaginava. Quanto mais conscientes vamos ficando, mais fácil vai se tornando a tarefa. No livro, James C. Hunter fala que quando interrompemos uma pessoa que está falando, a mensagem que ela recebe, mesmo que não processe conscientemente desta forma, é que não estávamos prestando atenção ao que ela dizia, pois já estávamos com a cabeça ocupada formulando uma reposta, mesmo antes dela concluir o pensamento. Quando não ouvimos, também mostramos que não valorizamos a opinião do outro, já que o que temos a dizer é sempre mais importante. Isso vale para amigos, colegas de trabalho, família, subordinados, etc.
E já pensou que coisa mais simples é ouvir? Nem tanto, não é? Temos que silenciar nosso interior conturbado para nos concentrar no que o outro diz. Parar de pensar em nós e doar aquele momento a quem fala. Outro ponto interessante é ter em mente que nem sempre precisamos ter respostas para o que ouvimos, porque, muitas vezes, quando falamos, vamos encontrando nossas próprias respostas. Às vezes só precisamos de um bom ouvinte, que nos mostre que o que dizemos é importante, que demonstre que se preocupa conosco.

‘Simples é a vida de um coração simples’



Muitas coisas que acontecem em nossa vida não estão ao nosso alcance mudar, mas se existe algo que podemos decidir é a forma como vamos reagir, como vamos encarar os acontecimentos. Ser simples não tem a ver com fatores externos, principalmente materiais. A simplicidade está na nossa essência, que acaba determinando a forma como nos portamos diante do mundo.

Quando aparece um problema, podemos escolher ser a vítima ou encontrar uma solução. Podemos agradecer por ter pessoas ou meios que nos ajudem a resolver, e no final ver o quanto crescemos e nos fortalecemos com ele. Mas também podemos dizer que Deus não é bom e justo, e que a vida é complicada ou ruim demais. Assim, podemos passar pela vida sem nunca notar o sol e o céu azul, ou então correndo atrás do sol que nasce no Japão. Mas também podemos aproveitar aquele que bate no nosso quintal.

Ser simples é se importar com o essencial, é ver a beleza que está disponível em cada cantinho pelo mundo afora, tanto nas coisas que se pode enxergar, como nas que se pode sentir. A beleza das flores e das cores do mundo, do sorriso da criança, dos prazeres de cada sentimento, de cada sensação, de amar e ser amado, de ser e ter amigos, de viver as surpresas de um dia após o outro. E simplesmente saber que se estivermos aqui amanhã e depois, teremos a chance de ver que os problemas são bem menores no dia seguinte.

Não é uma receita simples, embora tenha tudo para ser... Simplicidade é viver um dia de cada vez, e construir o melhor que podemos a cada dia. É ser feliz como somos, e onde estivermos. É fazer do cantinho onde moramos o nosso paraíso particular. É estar aberto para aprender com o mundo, porque o que temos em comum é que somos todos eternos aprendizes no meio de uma caminhada.

Desejo que em sua vida...

 
Não exista cara feia,
Não exista bolso furado,
Não exista vida apressada,
Muito menos grãos de areia.

Não exista tempo fechado,
Não exista problema dobrado,
Não exista sonho frustrado,
Muito menos amor acabado.

Não exista amigo esquecido,
Não exista negócio falido,
Não exista boato mexido,
Muito menos dinheiro sumido.

Não exista tempo nublado,
Não exista ambiente abafado,
Não exista corpo dobrado,
Muito menos bom senso abalado.

Não exista mágoa engolida,
Não exista emoção reprimida,
Não exista alma sofrida,
Muito menos felicidade perdida.

Só desejo que você seja feliz!

A felicidade está dentro de ti...


Na aplicação de qualquer receita destinada à composição da felicidade, não se esqueças do aviso de que a felicidade nasce de ti mesmo.
Não aguardes do mundo a segurança que tão somente poderá ser construída por ti mesmo, dentro de ti.
Nunca menospreze o trabalho que a vida te confiou.
A tarefa que desempenhas hoje é a base de seu apoio futuro.
Aceita-te como és e com aquilo de que disponhas para realizar o melhor que possas.
Observa sempre que não existe criatura alguma destituída de valor e da qual não venhas a necessitar algum dia.
Quanto possível, conserva a luz da virtude que te norteia a elevação, mas não permitas que a tua virtude viva sem escadas para descer ao encontro daqueles que se debatem sob a ventania da adversidade a te pedirem socorro e compreensão.
Se fiel ao campo da verdade que abraças, sem desconsiderar a parte da verdade em que os outros se encontram.
Usa a paciência nas pequenas dificuldades para que não te falte serenidade nas grandes crises que todos somos levados a facear nas trilhas do tempo.
Não te apegues aos anseios da juventude, nem te acomodes com o cansaço de muitos que ainda não aprenderam a viver com a criatividade da madureza.
Recorda que até hoje ninguém descobriu o ponto de interação onde termina a fadiga e começa a ociosidade.
Em qualquer tempo exercita a fortaleza espiritual para que as tuas energias não se dissolvam, de inesperado, quando as calamidades da experiência humana se façam inevitáveis.
Resigna-te a transitar no mundo, entre os que se te revelem na condição de opositores naturais aos teus pontos de vista, mas não formes inimigos nem cultives ressentimentos.
Não abuses e nem brinques com os sentimentos alheios.
Guarda a tua paz, ainda mesmo nas grandes lutas.
Não creias em pessimismo e derrota, solidão e abandono, porque se amas conforme determinam as Leis do Universo, descobrirás a beleza e a alegria em qualquer circunstância e em qualquer parte da Terra.
E jamais desesperes, porquanto sejas quem sejas e estejas onde estiveres, ninguém te pode furtar o privilégio da imortalidade e nem te arredar do Esquema de Deus.

Emmanuel (Chico Xavier)

Sem Mandamentos

Recomece Sempre 

  Observe a natureza. 
Tudo nela é recomeço. 
No lugar da poda surgem os brotos novos. 
Com a água, a planta viceja novamente (renasce). 
Nada pára. 
A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs. 
Isso acontece também conosco. 
A ferida cicatriza. 
A dores desaparecem. 
A doença é vencida pela saúde. 
A calma vem após o nervosismo. 
O descanso restitui as forças. 
Recomece. Anime-se. 
Se preciso, faça tudo novamente. 
Assim, é a VIDA!
“Recomeçar

                                                      Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.
 
“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.” 
O DIFÍCIL NÃO é impossível.
Quem vive para o que der e vier,
sabe que semeando a boa semente,
ainda que seja pela umidade das lágrimas, um dia verá nascerem as plantas. Pode mesmo acontecer que os outros não valorizem o quanto custou esse trabalho. Não faz mal:
Você se comprometeu pelo ideal do bem. Não importa também se, nesse esforço, tropeçou e caiu, pois é aos que tombam na luta que se costuma chamar de heróis. Apenas o que se lhes pede é o testemunho da
PERSEVERANÇA.

(Extraído do livro 100 dicas para viver melhor)
Nunca pare de sonhar...

Havia no alto de uma montanha três árvores. Elas sonhavam com o que iriam ser depois de grandes. A primeira, olhando as estrelas disse: eu quero ser o baú mais precioso do mundo e viver cheia de tesouros.
A segunda, olhando um riacho suspirou: eu quero ser um navio bem grande para transportar reis e rainhas. A terceira olhou para o vale e disse: quero crescer e ficar aqui no alto da montanha; quero crescer tanto que as pessoas ao olharem para mim, levantem os olhos e pensem em Deus.

Muitos anos se passaram, as árvores cresceram. Surgiram três lenhadores que, sem saber do sonho das árvores, cortaram as três. A primeira árvore acabou se transformando num cocho de animais, coberto de feno. A segunda virou um barco de pesca transportando pessoas e peixes todos os dias. A terceira foi cortada em vigas e deixada num depósito. Desiludidas as três árvores lamentaram os seus destinos.

Mas, numa certa noite, com o céu cheio de estrelas, uma jovem mulher colocou o seu bebê recém-nascido naquele cocho. De repente, a árvore percebeu que continha o maior tesouro do mundo. A segunda, certo dia, transportou um homem que acabou por dormir no barco. E, quando uma tempestade quase afundou o barco, o homem levantou-se e disse PAZ!! E, imediatamente, as águas se acalmaram. E a árvore transformada em barco entendeu que transportava o rei dos céus e da terra.

Tempos mais tarde, numa Sexta-feira, a árvore espantou-se quando as vigas foram unidas em forma de cruz e um homem foi pregado nela. A árvore sentiu-se horrível vendo o sofrimento daquele homem. Mas logo entendeu que aquele homem salvou a humanidade e as pessoas logo se lembrariam de Deus ao olharem para a cruz.

O exemplo das árvores é um sinal de que é preciso sonhar e ter fé. SEMPRE !!!

Não importa o tamanho dos sonhos que você tenha, sonhe muito e sempre. Mesmo que seus sonhos não se realizem exatamente como você desejou, saiba que eles se concretizarão da maneira que Deus entendeu ser a melhor para você. 

"Uma nuvem não sabe por que se move em tal direção e em tal velocidade. Sente apenas um impulso que a conduz para esta ou aquela direção. Mas o céu sabe os motivos e os desenhos por trás de todas as nuvens, e você também saberá, quando se erguer o suficiente para ver além dos horizontes."

domingo, 5 de setembro de 2010

Interessante amor...

 Cada dia mais, nós vemos pessoas aceitando passivamente a solidão como sua inevitável companheira. É importante que ao invés de nos decepcionarmos com o Amor, nos questionemos da nossa forma de amar, sobre as estruturas das relações amorosas e sobre os objetivos que se tem quando se vive com alguém. O amor é a fonte de nossas experiências de êxtase. O amor supõe trabalho e arte.
 É verdade que nascemos com imensas potencialidades de amar, mas também somos herdeiros de distorções culturais poderosas, que dificultam a grande experiência do amor. O amor é a relação básica do ser Humano. Somente por ele se expande o sistema da vida e se alarga a percepção do sentido da totalidade. Os maiores inimigos do amor são o medo a e a indiferença.
 A arte do cultivo amoroso supõe ternura, percepção do detalhe e valorização do universo simbólico. Sem símbolos de afeição não há encontro de amor. As pessoas sempre procuram nos outros e na vida a confirmação do que elas acreditam e, infelizmente, têm andando bem desesperançadas no amor, como se a insatisfação fosse inevitável. O amor não perdoa quando não encontramos um jeito de realizá-lo.
 Sua ausência atrapalha nossa vida até que paremos e comecemos a refletir num jeito de realizá-lo. O amor é uma energia que cresce dentro de nós e nos convida a estar com o outro. No amor é necessário desenvolver um treinamento para viver junto a alguém. O ato de amar só pode ser desenvolvido com disciplina, Humildade e coragem.
 Para alcançar o amor é preciso, com muita Humildade, manter disciplina e carinho para com nossos atos de amor, como se conhecêssemos muito pouco deles. Saber amar é estar atualizado com os próprios desejos, com os desejos do parceiro e com a maneira mais adequada e especial de concretizá-los.
 Para amar alguém, da forma como se apresenta, e não viver procurando um ser ilusório, o único caminho é nos encontrarmos em nós mesmos, naquilo que realmente somos. E procurar averiguar se a pessoa que estamos buscando pode existir, de fato, ou se faz parte das nossas fantasias, como um príncipe.
 “Eu era apenas um botão, pronto para desabrochar, e ninguém percebeu isso. Nem mesmo eu, que estava preocupada em esconder-me.”Quem quer viver um grande amor, necessita aprender a ver o que existe de concreto, de fato.
 Para que as dúvidas sejam desfeitas e a realidade apareça, o mais indicado é conversarem diretamente sobre estas dúvidas. Exigir um amor linear, constante, do parceiro é empurrá-lo para longe de si. E se obrigar a isso é se desajustar consigo mesmo. Exigir do parceiro a perfeição, como se todas as nossas ações fossem coerentes, é uma atitude que desgasta a relação.
 Uma relação consistente é formada de coisas simples e de atos delicados. Ser inesquecível para alguém, no amor, é algo que se consegue sendo verdadeiro. Os amores não aprecem prontos, mas são construídos a dois. É muito proveitoso que você descubra pontos comuns, ou as características similares que estiverem presentes em todos os seus relacionamentos fracassados.
 Deve-se observar com atenção seus comportamentos e ver se eles são compatíveis com alguém que, realmente, deseja ser feliz numa relação de amor. O amor não é complicado, as pessoas é que são complicadas. Para caminhar em busca do crescimento no amor também se faz necessário pensar.
 Constatamos a realidade, checamos as crenças e fazemos uma análise do que está acontecendo, no âmbito dos fatos, mas sem desconsiderar as fases anteriores. Após o pensar surge o momento da decisão.
 É bom lembrar que todas as atitudes adotadas numa relação terão conseqüências, positivas ou negativas. Existe um tripé de sustentação para que um homem e uma mulher vivam plenamente uma relação de amor. O amor é para ser vivido a dois, e à medida que alguém o permite, com simplicidade, sem exigir perfeição, ele vai sendo aprimorado.
 Não espere que o outro dê tudo o que você necessita, mas, sim, crie o amor, e o crescimento então virá. Para que cada um de nós possa realmente conhecer o amor, é precisoa coragem de ser e de deixar o outro ser. É importante conhecer as várias fases de um relacionamento e estar atento a elas. O passado é passado.
 O futuro será uma conseqüência de como você vive hoje. O único tempo real é o presente. O importante é usar o passado como fonte de experiências, programar o futuro e viver o presente consciente de que o momento de ser feliz é agora.
 Quando não conseguimos, por nós próprios, encontrar o ponto em que estamos bloqueados para amar, então é bom fazer terapia. Psicoterapia pode ser um ótimo recurso, desde que se admita que a responsabilidade pelas decisões e condutas pertence a cada um, e que o terapeuta é alguém que tem como papel ajudar nas reflexões.
 As possibilidades de mudanças são infinitas, mas desde que seja feito algo para que isso ocorra. Para que haja mudanças, supõe-se que cada um altere algum comportamento. Esperar mudança sem fazer nada é a pior maneira de sofrer inutilmente.
 Falar de amor é transmitir, em palavras ou gestos, o sentimento que está dentro de cada um de nós. Cada um deve expressar da sua forma, com suas palavras, do seu jeito, seja ele qual for, o sentimento de amor que está trancado em seu ser e permitir que algumas pessoas passem a conhecer essa beleza.